12 Comportamentos Socialmente Aceitáveis Que São Estranhos Para Nós


Se você se incomoda com uma mania ou tique que alguém próximo a você possui, prepare-se para conhecer estes 12 comportamentos socialmente aceitáveis em algumas partes do mundo que podem fazer muitos de nós torcer o nariz.

# 12 Fatos Usuais

 

 

Pense sobre isso: em muitas partes do norte da Europa, enquanto puxar pequenas conversas com alguém na parada de ônibus é estranho, ficar totalmente sem roupa em certos lugares públicos não é grande coisa!

# 11 Perguntar a Idade

 

Por respeito, nunca perguntamos a idade de uma pessoa quando nos encontrarmos com ela pela primeira vez.

Em certas partes do mundo, como na Coréia, eles vão perguntar sem pestanejar e por uma questão de respeito. Uma vez que eles conhecem a idade de uma pessoa, eles sabem como formalmente devem tratá-la.

# 10 Crianças e Vinho

 

Eu não sei sobre você, mas se você der vinho para as crianças onde eu moro há uma chance real que terá o conselho tutelar e até a polícia batendo em sua porta.

Não é assim em muitas partes da Europa, porém. O estigma negativo em torno do álcool não existe, como acontece no Brasil, nos EUA ou na Austrália, por exemplo.

# 9 Lealdade à Bandeira

 

Prometer lealdade à bandeira é algo feito nos Estados Unidos às vezes até com certo exagero, como nós brasileiros percebemos em filmes, por exemplo. Na maioria das outras nações (desenvolvidas), isso seria muito estranho (particularmente em certas partes da Europa com certa “história”).

# 8 Bebês Lá Fora

 

Isso seria uma fonte de extrema ansiedade para a maioria das pessoas no mundo moderno; no entanto, há algumas partes do mundo seria perfeitamente normal deixar seu bebê do lado de fora em seu carrinho enquanto você entra em uma cafeteria.

# 7 Formar uma Fila

 

A ideia em si já nos exige um grau extra de paciência; no entanto, alguns países favorecem a formação de uma fila mais do que outros. Por exemplo, no Japão eles vão formar uma fila até para a chance de participar de outra fila.

# 6 Homens Segurando as Mãos

 

Na maior parte do mundo ocidental, andar mãos dadas com alguém é um sinal de sexualidade e um relacionamento, enquanto em muitas outras partes do mundo não tem nada a ver com isso.

Pode ser um sinal de amizade ou uma demonstração de confiança.

# 5 Agradecer ao Motorista de Ônibus

 

É realmente uma coisa agradável a fazer, mas é claro desnecessário na maioria das partes. No entanto, em alguns lugares, como a Irlanda, por exemplo, agradecer o motorista do ônibus é TUDO o que você tem de fazer – por isso talvez todos descem pela porta da frente.

# 4 Aplausos ao Aterrissar

 

Em alguns países (particularmente em certas partes da Europa), é habitual que todos comecem a bater palmas quando o avião aterrissa.

Pessoalmente, eu espero que o avião sempre aterrisse em um ponto onde eu não sinta a necessidade de aplausos quando isso acontecer.

# 3 Chamando o Garçom

 

Como você chama a atenção do garçom para que ele vá até onde você está?

Este simples ato varia um pouco em termos do que é aceitável e do que é rude. No entanto, talvez não haja lugar mais estranho do que partes da Ásia, como a Birmânia, onde você faz isso com um ruído de beijo!

# 2 Apontar

 

Você acha que apontar com o dedo parece um pouco rude? Muitas pessoas não pensam assim, mas há muitos que acham isso inaceitável. Dependendo de onde você vai, eles podem usar dois dedos, ou mesmo uma mão inteira, para apontar para algo, de modo a não aparecer rude apontando com um dedo apenas.

# 1 Polegar pra Cima

 

Nos Estados Unidos, no Brasil e em outros lugares como a Austrália, os “polegares pra cima” significam “ok”, “positivo”, “tudo bem”.

Porém, como acontece com muitos outros tipos de sinais de mão, este simples gesto pode te colocar em apuros em outras partes do mundo, onde ele significa o mesmo que se mostrar o nosso dedo médio.

 


 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *